musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - DEPRESSIVO - OCORRENCIA CRIMINAL - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Depressivo letra


Depressivo
Você me vira a cabeça
Me tira do serio
Destrói os planos que um dia eu fiz pra mim
Me faz pensar porque que a vida e assim
Eu sempre vou e volto pro seus braços
Porque você não vai embora de vez
Porque não me liberta dessa paixão
Por que...
Porque você não diz que não me quer mais
Porque não deixa livre o meu coração

Depressivo ant. Agressivo
Com ele sinto alivio
E me sinto mais vivo
Mata aos poucos penso e só com os outros
Mais todos morreram dos mais sãos aos loucos
Abre a mente e fecha o subconsciente
Vários utilizam e se tornam inconsequentes
Ficam carentes,alegres, indiferentes
Esbanjando sorrisos e por dentro estão carentes
Pai de família, criança,gestante,idosos

Todos querem mais uma dose
E licita perigo na pista
Depois da segunda nem pensam nas consequências
Causa dependência no cérebro falência
Em questão de segundos momentos e de demência
Enche o copo mais uma talagada
No amargo da ‘marvada’ amarga as suas magoas
Recorda de lembranças passadas
Alguns choram por dentro e outros choram por fora
Muita calma nessa hora

Você me vira a cabeça
Me tira do serio
Destrói os planos que um dia eu fiz pra mim
Me faz pensar porque que a vida e assim
Eu sempre vou e volto pro seus braços
Porque você não vai embora de vez
Porque não me liberta dessa paixão
Por que...
Porque você não diz que não me quer mais
Porque não deixa livre o meu coração

Cê ta presente em tudo que e situação
Comemoração alegria ou decepção
Quando se ganha ou quando se perde
Basta um motivo quente ou gelada desce
Acabou liga pra buscar mais uma
A intera e de um real e a bebedeira continua
E deprimente saber do que se trata
Pode ate faltar comida mais ela nunca falta
Chega ao ponto que o organismo necessita
Mesmo sem querer você pede mais uma birita

Larga de mim ver se me deixa em paz
Alcoólicos anônimos não quero colar mais
Não sou mais fraco nem mais o seu capacho
Tô firmão e forte me obstinei do álcool
Infelizmente muitos não tiveram a mesma sorte
A luta contra a cirrose e mesmo que lutar com a morte
Portanto truta larga o copo e me escuta
Não seja dependente bota a cara e vá a luta
Não perca essa disputa

Você me vira a cabeça
Me tira do serio
Destrói os planos que um dia eu fiz pra mim
Me faz pensar porque que a vida e assim
Eu sempre vou e volto pro seus braços
Porque você não vai embora de vez
Porque não me liberta dessa paixão
Porque....
Porque você não diz que não me quer mais
Porque não deixa livre o meu coração

Ocorrencia Criminal - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br